Ampliação da Pio Canedo integra etapa do Plano Mineiro de Humanização do Sistema Prisional

O governador Antônio Anastasia lançou, na última quarta-feira, 19, no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, a segunda etapa do Plano Mineiro de Humanização do Sistema Prisional, que inclui, entre outras ações, a ampliação de oportunidade de trabalho e qualificação profissional e o anúncio da publicação dos editais para construção de oito unidades prisionais, uma delas, para mulheres, em Pará de Minas.

Durante o evento, o governador de Minas ressaltou que o trabalho é fundamental não só para a remição da pena, mas também por remunerar e ajudar na reinserção social dos detentos.

Sara Simões, diretora da Penitenciária Pio Canedo, enaltece esta iniciativa do Governo de Minas, e que a ampliação do sistema deverá dar ainda mais qualidade ao serviço que já é prestado no presídio de Pará de Minas.

Ainda de acordo com Sara, humanização sempre foi a palavra chave para a condução do presídio de Pará de Minas, tanto que já trabalha para também oferecer um melhor acolhimento às famílias dos detentos, que passam por tantas dificuldades no dia a dia.

Os investimentos para a construção das penitenciárias são de cerca de R$ 144 milhões. Recursos do Governo de Minas e do Ministério da Justiça, por meio do Departamento Penitenciário Nacional.


Fonte: JC Notícias

Nenhum comentário