Cemig assina contrato para cogeração de energia em Itaúna

Empreendimento deve atender 92% da demanda de energia da unidade.
Local vai evitar emissão anual de 7.557 toneladas de CO2 na atmosfera.


A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) assinou, nesta quinta-feira (20), contratos com a Patense Ltda para a implantação de uma central de cogeração de energia elétrica e vapor na unidade de Itaúna. Os recursos utilizados para o projeto vêm do Programa de Eficiência Energética, da Cemig e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e foi viabilizado pela Efficientia, subsidiária integral da Cemig.

O investimento feito será de R$ 16 milhões, que serão reembolsados pela Patense à Cemig, através de um contrato de performance baseado na economia de energia. O empreendimento deve atender 92% da demanda de energia elétrica da unidade da Patense na cidade, além de atender toda necessidade de vapor nos processos. Com isso, será evitada uma emissão de 7.557 toneladas de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera por ano.


G1 Centro-Oeste de Minas
 

Nenhum comentário