Suspeitos de matar adolescente durante roubo em Itaúna são detidos

A Polícia Civil de Itaúna prendeu nessa segunda-feira (24), um jovem de 18 anos e um homem de 30 dois suspeitos de envolvimento na morte da adolescente Gabriela Cunha de Oliveira, de 16 anos, durante um assalto a um supermercado onde a garota trabalhava. A dupla foi presa no Bairro Morada Nova e levados à delegacia da cidade. Uma multidão se aglomerou em frente à delegacia quando soube da prisão. No fim da noite, os suspeitos foram encaminhados até a Penitenciária Pio Canedo, em Pará de Minas.
De acordo com o delegado Wesley Amaral de Castro, o jovem foi quem atirou. "A princípio ele estava relutante em confessar, mas acabou confessando que o disparo foi feito por ele. Disse ainda que o disparo foi acidental. O outro suspeito desde o início confessou a ação", contou.
Segundo o delegado regional Fernando Vilaça, a Polícia Civil de Divinópolis viajou até Itaúna para dar apoio por conta da multidão que se instalou em frente à delegacia. "Se um jovem entra em um estabelecimento com uma arma engatilhada e achasse necessário atirar ele faria o disparo, como o fez. Logo ele responde por latrocínio", disse. 
Um esquema de segurança foi montado em frente ao local enquanto os dois suspeitos eram ouvidos pelo delegado de Itaúna e depois levados até a Penitenciária Pio Canedo.
Assalto ao supermercado
As câmeras do circuito interno registraram quando os suspeitos chegaram ao supermercado armados. Eles abordaram a adolescente, que era operadora de caixa e não reagiu ao assalto, mas mesmo assim foi baleada. Com o tiro, a adolescente caiu e os suspeitos fugiram. A vítima chegou a ser socorrida e encaminhada ao hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo de Gabriela foi enterrado na tarde deste sábado (22), no Cemitério Central. Fonte: G1.

Um comentário:

  1. vagabundos, deveriam deixar que o povo desse um jeitinho neles...

    ResponderExcluir