'Olho Vivo' será instalado após cinco meses de atraso em Divinópolis

A instalação das 32 câmeras do projeto “Olho Vivo” em Divinópolis somente será iniciada nos próximos dias, apesar do comunicado da Prefeitura de Divinópolis em outubro do ano passado informando que a previsão dessa instalação seria para a segunda quinzena de novembro de 2013. Na época a confirmação veio após uma reunião na Associação Comunitária para Assuntos de Segurança Pública (Acasp), na sede do 23º Batalhão da Polícia Militar. De acordo com o capitão da Polícia Militar (PM), Marco Paulo de Oliveira, o motivo do atraso foi burocrático. "Teve o processo de licitação, compra e avaliação do material que só agora começou a chegar ao quartel. Assim que todo esse material estiver disponível, começarão as instalações", disse. A previsão de conclusão das instalações de todas as câmeras é até o dia 25 de maio.

Ainda segundo o capitão, primeiro será feito a instalação da central de monitoramento em algumas salas dentro do quartel e depois a instalação das câmeras nas ruas. "Assim que tudo estiver concluído, será feito um treinamento como os funcionários para dar início ao trabalho", acrescentou Marco Paulo. 
Projeto “Olho Vivo”
A Prefeitura de Divinópolis comunicou no dia 31 de outubro a previsão de início da instalação das 32 câmeras do projeto “Olho Vivo”. Na oportunidade, foi apresentado o cronograma de implantação no centro comercial de Divinópolis e em pontos estratégicos da cidade, visando à redução da criminalidade.

O projeto será implantado pela empresa Master em parceria com a empresa Veotex. O prazo para a execução do projeto é de seis meses. Cerca de R$ 5 milhões foram investidos. A Prefeitura investirá R$ 300 mil na manutenção anual do sistema e R$ 40 mil por mês na contratação de funcionários responsáveis pelo monitoramento diário junto à Central de Operações instalada na sede da Policia Militar, no Bairro Afonso Pena.
 
 
 
Do G1 Centro-Oeste de Minas

Nenhum comentário