Depois de jogo 'morno' em 120min, Argentina vence Holanda nos pênaltis e avança à final

Após 24 anos, a Argentina volta a disputar uma final de Copa do Mundo. O time alviceleste derrotou a Holanda nos pênaltis, por 4 a 2, depois de empate sem gols no tempo normal e na prorrogação, em duelo ‘morno’ disputado nesta quarta-feira, no Itaquerão, em São Paulo. Os argentinos reencontrarão a Alemanha na grande decisão, domingo, às 16h, no Maracanã, em busca do tricampeonato.
Argentinos e alemães se enfrentarão na final da Copa do Mundo pela terceira vez. Nas duas anteriores, houve uma vitória para cada lado – a Albiceleste ganhou em 1986, no México, por 3 a 2, enquanto os germânicos deram o troco quatro anos depois, em 1990, na Itália, com triunfo por 1 a 0. A ‘trilogia’ entre as duas seleções será o desfecho de uma competição marcada pela grande participação do público nos estádios.

A geração da Holanda, de Robben, Van Persie e Sneijder, que decidiu a última edição da Copa, na África do Sul, mas perdeu para a Espanha (1 a 0), terá que se contentar com a disputa do terceiro lugar. A seleção laranja vai enfrentar o Brasil, sábado que vem, às 17h, no Mané Garrincha, em Brasília, quando ambos buscarão uma despedida digna do torneio.

Nas penalidades, o grande nome foi Romero. O goleiro argentino pegou as cobranças de Vlaar e Sneijder e se transformou em herói. Na sequência, todos os jogadores do grupo foram abraçá-lo e iniciaram uma grande festa. Fonte: Super Esportes MG.

Nenhum comentário