Dupla suspeita de matar professor e veterinário é apresentada em Nova Serrana

Jovens foram presos em Nova Serrana e confessaram assassinatos. Delegada diz que dupla tenta criar versão de legítima defesa.

Dupla suspeita de matar professor e veterinário é apresentadaForam presos na tarde desta segunda-feira (1º), em Nova Serrana, os suspeitos de matar o veterinário Renato Gontijo e o professor universitário Cleber Bernardes Santos. A polícia suspeita de latrocínio – roubo seguido de morte –, mas não descarta outras hipóteses.
Os suspeitos dos crimes, de 19 e 21 anos, foram ouvidos na Delegacia de Polícia Civil em Nova Serrana. Eles confessaram que mataram a facadas o veterinário e o professor universitário. “Eles apresentaram uma versão que é benéfica a eles. Não é da forma como eles apresentaram. Eles estão tentando montar uma legítima defesa que não existe. Uma pessoa, quando atacada, é ferida. Eles não têm ferimentos. Então, é mentira”, disse a delegada Elenita Batista Lopes.
A delegada responsável pelo inquérito trata o crime como latrocínio. Mas, outras hipóteses estão sendo investigadas. “Ambos confirmam que são garotos de programa”, acrescentou a delegada.
Denúncia ajudou
Os suspeitos foram presos pela Polícia Militar (PM) depois de uma denúncia anônima. O envolvido de 21 anos estava em casa e o outro, de 19, no local de trabalho. Eles não ofereceram resistência na hora da prisão. “Não demonstraram nenhum tipo de arrependimento. Eles colaboraram durante toda a ação policial”, afirmou o tenente Anderson Cristimans Moreira, da PM.
Com este crime envolvendo duas vítimas, sobe para 44 o número de mortes relacionadas com crimes violentos na cidade. “Foi um fim de semana atípico. Teve um nível de criminalidade acima do normal”, avaliou o militar. Fonte: G1

Nenhum comentário