Redução nas vagas do Pronatec

Redução nas vagas do Pronatec
O número de vagas destinado ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) em 2015 foi reduzido em dois terços em relação às vagas do ano passado. O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, anunciou nesta quarta-feira que serão abertas um milhão de vagas para o programa. No ano passado foram 3 milhões de vagas para os cursos profissionalizantes. Janine anunciou o tamanho da redução no número de vagas durante audiência pública na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados.

“Estamos administrando isso (os cortes no orçamento) com cuidado, com o carinho de evitar maiores prejuízos. Na última semana, liberamos mais de R$ 270 milhões para as entidades filiadas ao Pronatec. Se houve atraso, não foi absolutamente por vontade, foi por fata de recursos”, admitiu o ministro da Educação aos deputados.
Como reflexo da redução nos repasses, instituições de ensino já descartam continuar no cadastro do programa e voltar a oferecer cursos particulares a partir do segundo semestre. O corte deste ano interrompe um histórico de crescimento no número de vagas ofertadas para o programa que se tornou vitrine do governo da presidente Dilma Rousseff (PT).

Até o final do mês de maio o montante gasto no programa em todo o país foi de R$ 208,7 milhões, valor que representa menos de 10% do que foi gasto ao longo de 2014, quando o governo investiu R$ 2,8 bilhões no Pronatec. Para as escolas que ofertam cursos cadastrados em Belo Horizonte foram repassados até agora R$ 1,3 milhão, valor bem distante dos R$ 6 milhões gastos no ano passado. Já em Contagem, que em 2014 recebeu R$ 4,5 milhões por meio do programa, nenhum pagamento foi registrado até agora.
Fonte: EM

Nenhum comentário