Com quatro gols de Fred, Atlético goleia Sport Boys e se livra de vexame no Independência

Quem viu o Atlético jogar somente até os 20 minutos do segundo tempo pensou que o time havia perdido para o Sport Boys por 2 a 1, em pleno Independência. Mas, inesperadamente, nos últimos 25 minutos o time alvinegro deixou para trás o futebol apático que praticava até então para atropelar os bolivianos e vencer por 5 a 2, com quatro gols de Fred, pela segunda rodada do Grupo 6 da Copa Libertadores. O outro do Galo foi marcado por Robinho.

Com a primeira vitória na Libertadores, o Atlético assumiu a liderança do Grupo 6, com quatro pontos, levando vantagem sobre o Godoy Cruz, da Argentina, no saldo de gols. O Libertad, do Paraguai, é o terceiro, com apenas um, assim como o Sport Boys.

Na próxima rodada da Libertadores, o Atlético vai até Assunção, no Paraguai, para enfrentar Libertad, na quarta-feira (19), às 21h45. Mas antes o time alvinegro tem compromisso diante da URT, domingo, às 11h, no Mineirão, pelo duelo de ida das semifinais do Campeonato Mineiro.

O jogo

O Atlético começou com tudo o jogo e abriu o placar logo aos quatro minutos contando com uma falha do goleirão do Sport Boys. Marcos Rocha cruzou em direção ao gol e Arias tentou tirar, mas errou o tapa e a bola sobrou limpa na cabeça de Robinho, que só empurrou para as redes.

Mas depois do gol, o Atlético passou a encontrar dificuldades para entrar na zaga do Sport Boys e ainda por cima começou a cometer falhas defensivas. E foi em uma delas, aos 10 minutos, que Tenorio recebeu nas costas da defesa alvinegra, aproveitou que Gabriel não conseguiu cortar, e mandou para o fundo do gol.

Fred quase fez o segundo do Galo aos 14, mas cabeceou na rede pelo lado de fora. Quando o Atlético precisava da intensidade em campo, acabou perdendo o principal jogador de velocidade: Luan, que sentiu uma lesão e teve que ser substituído por Cazares aos 29 minutos.

Apavorado na defesa, dava muitos espaços para o adversário e corria risco de levar a virada. Mesmo tendo feito o gol, Robinho estava apagado em campo e ainda perdeu uma boa oportunidade de fazer o segundo. Ele recebeu bom passe de Elias dentro da área e sem marcação, mas tentou um voleio e furou.

No início do segundo tempo, Fred perdeu um gol feito. Otero cobrou falta, o goleiro rebateu e a bola sobrou na pequena área para o atacante que mandou por cima.

Apático em campo, o Atlético acabou levando a virada aos dez minutos do segundo tempo. Zampiery chegou livre no lado direito e cruzou na medida para Messidoro, no meio dos zagueiros, cabeceou firme no canto.

Apesar do péssimo futebol apresentado pelo time em campo, a torcida do Atlético sentiu que era momento de apoiar e começou a gritar ‘Galo’ nas arquibancadas. Mas na substituição promovida por Roger na sequência – a saída de Otero para entrada de Rafael Moura – foi reprovada pelos torcedores, que vaiaram o treinador por ter tirado o venezuelano.

As vaias parecem ter inflamado os jogadores em campo e o Atlético mudou a postura. Mais incisivo, o time foi para cima e empatou aos 26 minutos com Fred. Rafael Carioca mandou uma bomba de longe e o atacante, dentro da área, desviou matando o goleiro Arias.

Três minutos depois veio a virada atleticana. Rafael Moura iniciou a jogada, tentou o passe, mas a bola desviou no marcador e chegou até Elias, que invadiu a área e tocou para Fred, livre, empurrar para as redes de carrinho. A torcida explodiu nas arquibancadas.

Fred garantiu a vitória ao fazer mais dois gols nos minutos finais da partida. Aos 43, o atacante aproveitou cruzamento da Danilo e cabeceou para as redes. Ele ainda contou com a sorte, pois a bola desviou no zagueiro. Aos 47, o camisa 9 recebeu passe de Rafael Moura e bateu no ângulo, da entrada da área.

Atlético 5 x 2 Sport Boys

Atlético: Giovanni; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias, Otero (Rafael Moura), Luan (Cazares) e Robinho (Danilo); Fred. Técnico: Roger Machado

Sport Boys: Arias; Perozo, Coimbra, Zampiery e Rivero; Capdevila, Córdoba (José Castillo), Bejarano, Leandro Ferreira e Messidoro (Edivaldo Rojas); Tenorio (Vogliotti). Técnico: Xabier Azkargorta

Motivo: 2ª rodada – Grupo 6 da Copa Libertadores Data: 13 de abril de 2017, quinta-feira, às 19h30 Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Gols: Robinho (4’/1º), Tenorio (10’/1º), Messidoro (10’/2º), Fred (26’/2º, 29’/2º, 43’/2º, 47’/2º)

Cartão Amarelo: Tenorio, Córdoba, Vogliotti (Sport Boys); Elias (Atlético)

Árbitro: José Argote (VEN)
Auxiliares: Luis Murillo (VEN) e Franchescoly
Chacon (VEN)

Público: 18.402 torcedores
Renda: R$ 1.305.814,00

Itatiaia

Nenhum comentário