Resumo de ocorrências: Pompéu, Lagoa da Prata e Dores do Indaiá

OCORRÊNCIAS DE DESTAQUE NA ÁREA DO 7º BPM

07 de Junho de 2017 – Quarta-Feira

HOMICÍDIO CONSUMADO – POMPÉU (7º BPM): Às 07h do dia 07/06/2017, a PM compareceu na RUA PRESIDENTE ANTÔNIO CARLO, onde o indivíduo R. A. S., 23 anos, havia sido alvejado por arma de fogo. A vítima foi socorrida com vida pela equipe de resgate, mas veio a óbito logo em seguida. Segundo informações, após entrar em seu veículo, a vítima foi abordada pelo suspeito, não identifico, que se aproximou do automóvel, efetuou diversos disparos e evadiu a pé. O veículo foi removido ao pátio credenciado.

TRÁFICO DE DROGAS – POMPÉU (7º BPM): Às 20h50 do dia 07/06/2017, após denúncia anônima relatando que na Rua PAPAGAIOS havia dois indivíduos comercializando drogas, a PM compareceu ao local, onde abordou os indivíduos M. F. L. B., 21 anos e P. V. C. L., 23 anos. Após busca, os policiais militares encontraram seis buchas de maconha. Os suspeitos foram presos e encaminhados à Delegacia de Polícia com a droga apreendida.

TRÁFICO DE DROGAS – LAGOA DA PRATA (7º BPM): Às 22h54 do dia 07/06/2017, durante patrulhamento, a PM abordou os indivíduos D. A. P., 30 anos, U. G., 25 anos, M. F. L., 22 anos, R. O. A., 22 anos e M. S. L., 21 anos. Após buscas, os policiais militares encontraram uma bucha de maconha. Na residência de um dos suspeitos, os militares localizaram uma bucha de maconha. Os suspeitos foram orientados a comparecer à Delegacia de Polícia no próximo dia útil.

TRÁFICO DE DROGAS – DORES DO INDAIÁ (7º BPM): Às 23h do dia 07/06/2017, durante patrulhamento, os policiais militares abordaram o indivíduo J. P. S. N., 20 anos, e dois adolescentes um de 14 e outro de 17 anos, em um veículo FIAT/UNO. Após buscas, os militares localizaram dois tabletes de maconha, dois aparelhos celulares, R$ 45,00 em dinheiro e uma faca. Os suspeitos foram preso/apreendidos e o veículo foi removido para o pátio credenciado.

ESTELIONATO – LAGOA DA PRATA (7º BPM): Às 18h23 do dia 07/06/2017, a solicitante T. A. S., 18 anos, informou que ao ver uma propaganda no aplicativo Instagram, a efetuou uma compra de R$1646,00. Diante da demora em receber o produto, a vítima percebeu que havia caído em um "golpe".

   Fonte: Assessoria de Comunicação Organizacional do 7º BPM

Nenhum comentário